MEMBROS

 

 Maria Porto Nascimento
Licenciada em Matemática. Doutora em Educação pela Universidade de Brasília – Pesquisadora na área de Educação Matemática. Desenvolve consultorias nas áreas de formação de professores. Colaborou na pesquisa proposta pelo Grupo de Pesquisa em Educação Matemática, Estatística e em Ciências- GPEMEC/UESC sobre o domínio das Estruturas Aditivas, financiado pela FAPESB, realizado em nove regiões do Estado da Bahia. Atuou no Programa PROLETRAMENTO como coordenadora pedagógica da área de Matemática. Atuou como formadora dos tutores na área de Matemática no Programa de Formação do PNAIC-Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, no Distrito Federal. Membro dos seguintes Grupos de Pesquisa: Grupo de Estudo e Pesquisa em Matemática e Ensino de Matemática – UFOB; Grupo de Investigação em Educação Matemática da UnB. Professora de Matemática, Ensino de Matemática e Estágio Supervisionado na Universidade Federal do Oeste da Bahia e coordena o projeto de pesquisa PIBIC – Investigação sobre o Ensino e a Aprendizagem dos Conceitos Matemáticos: A construção da linguagem algébrica do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e desenvolve o projeto de extensão “Formação de Professores Alfabetizadores em Matemática” em uma escola da rede municipal.  

Produção:
2017: O NECESSÁRIO OLHAR DO PROFESSOR SOBRE A PRODUÇÃO MATEMÁTICA DAS CRIANÇAS
NOS ANOS INICIAIS.
Educação Matemática em Revista, v. 22, p. 48, 2017.
http://www.sbem.com.br/revista/index.php/emr/article/viewFile/627/pdf

Amanda Marina Andrade Medeiros
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade de Brasília (2006) e mestrado em Educação pela Universidade de Brasília (2009). Está cursando doutorado em Educação na Universidade de Brasília. Atualmente é professor assistente da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: educação matemática, afetividade, ensino-aprendizagem, desejo e ambiente virtual de aprendizagem. Membro do Grupo de Investigação em Educação Matemática da UnB – GIEM.;

Produção: http://www.observatoriodasmetropoles.net/new/images/abook_file/serie_ordemurbana_brasilia.pdf

Carine Almeida Silva Noleto
Professora com graduação em Letras – Língua Portuguesa e literaturas (2010). Especialização em Atendimento Educacional Especializado (2011). Mestra em Educação na Universidade de Brasília na linha de pesquisa: Educação em Ciências e Matemática (2017). Atualmente professora na Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Integra o Grupo de Investigação em Educação Matemática da Universidade de Brasília – GIEM/UnB.
 

Produção: http://www.observatoriodasmetropoles.net/new/images/abook_file/serie_ordemurbana_brasilia.pdf

Cleia Alves Nogueira
Doutoranda em Educação, pela Universidade de Brasília, Mestre em Educação – UnB, Especialista em Tecnologias na Educação pela PUC-RJ e em Arte, Educação e Tecnologias Contemporâneas pela UnB e graduada em Matemática (licenciatura) pela UCB-DF. Atuou como professora de Matemática do Ensino Fundamental por 15 anos e, nos últimos 12 anos, atuou como coordenadora e multiplicadora/formadora de Núcleos de Tecnologia Educacional (NTE) da Secretaria de Estado de Educação do DF, atuando na formação continuada de professores e gestores para utilização das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) como ferramenta pedagógica durante os últimos 12 anos. Na UnB, integra os seguintes grupos de pesquisa: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Aprendizagem Lúdica: Pesquisas e Intervenções em Educação e Desporto (GEPAL), atuando na linha de Educação em Ciências e Matemática, Grupo de Estudos e Pesquisa Profissão Docente: Formação, Saberes e Práticas (GEPPESP) e Grupo de Investigação em Educação Matemática (GIEM), atuando como coordenadora da linha de Tecnologias da Informação e da comunicação. Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em Ensino-Aprendizagem, formação continuada e tecnologias Educacionais.  

ProduçãoO VÍDEO EDUCATIVO E A FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA 

Cristiano Alberto Muniz
Possui graduação em Bacharelado e Licenciatura em Matemática pela Universidade de Brasília (1982), mestrado em Educação pela Universidade de Brasília (1992) e doutorado em Sciences de l’Education – Université Paris Nord (1999). Realizou pós-doutorado (2015) na FE-UnB com projeto de pesquisa na Linha de Pesquisa: Escola, Aprendizagem, Ação Pedagógica e Subjetividade na Educação, sob supervisão da profa. Dra. Albertina Mitjáns Martínez?TEF-FE-UnB, com o tema:AS CRIANÇAS QUE CALCULAVAM: o ser matemático como sujeito produtor de sentidos subjetivos na aprendizagem. Atualmente é professor adjunto da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem matemática, educação matemática, formação do professor de matemática e ensino de matemática. Foi coordenador e um dos autores do Programa GESTAR de Matemática do MEC. é um dos autores do PNAIC de Matemática. Conteudista da série A Fabulosa Coleção do seu Gonçalo da TV Escola. É integrante, enquanto orientador de pesquisa, da linha de pesquisa Educação em Ciências e Matemática do PPGE da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília. Membro do GIEM – Grupo de Investigação em Educação Matemática do Departamento de Matemática da UnB. Coordena um projeto de educação integral em escola no interior de Goiás, voltado à crianças em situação de risco social.

Produçãohttps://www.estantevirtual.com.br/busca?q=cristiano+alberto+muniz+brincar+e+jogar 

Dayse do Prado Barros 
Mestranda em Educação, na linha de pesquisa ECMA (Educação em Ciências e Matemática) da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, sob a orientação do Prof. Dr. Antônio Villar. Pós-graduada em Saneamento Ambiental e em Orientação Educacional. Graduada em Matemática pela Universidade Católica de Brasília (1999). Atuou como Coordenadora de Laboratório de Informática da Secretaria do estado de educação do Distrito Federal. Foi Gestora Educacional nos anos: 2004 a 2006 e 2016. Atua na Educação Básica na área de Matemática e Ciências – com ênfase em Matemática. Na UnB, integra os seguintes grupos de pesquisa: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Aprendizagem Lúdica: Pesquisas e Intervenções em Educação e Desporto (GEPAL), atuando na linha de Educação em Ciências e Matemática, e Grupo de Investigação em Educação Matemática (GIEM). Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em Ensino Especial – Educação de Surdos.

ProduçãoO DESAFIO DE UM CURRÍCULO INTERDISCIPLINAR NO ENSINO MÉDIO: LIMITES E POSSIBILIDADES NO ATUAL CENÁRIO SOCIOPOLÍTICO BRASILEIRO.

Fabio Henrique Gomes
Possui graduação em Matemática pelo Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson (2009). Mestrado Profissional em Matemática pela Universidade de Brasília. É professor na Secretaria de Educação do Distrito Federal e participa do Grupo de Investigação em Educação Matemática (GIEM).

Guy Grebot

Possui graduação em Licenciatura Em Física pela Universidade de Brasília (1988), mestrado em Matemática pela Universidade de Brasília (1990) e doutorado em Relatividade Geral – University of London (1995). Atualmente é professor adjunto 4 da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Física Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: equações diferenciais, simetrias de pontos, computação algébrica, ensino de matemática e formação de professores. É atualmente membro do Grupo de Investigação em Educação Matemática da UnB GIEM.

Produção:CC_35171740178.pdf 
https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/u/0/?ui=2&ik=0648b39b

 

Ivone Miguela Mendes
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Católica de Brasília (1987), especialização em Fundamentos Educativos para a formação de professores pela Universidade de Brasília (2002), especialização em Aprendizagens nas séries inciais de um ponto de vista construtivista pelo Grupo de Estudo Sobre Educação-Metodológica de Pesquisa e Ação (1997), mestrado em Educação pela Universidade de Brasília (2007), ensino-fundamental-primeiro-grau pelo Centro Educacional 3 de Ceilândia (1979), ensino-médio-segundo-grau pela Escola Normal de Brasília (1982), aperfeiçoamento em O Desenvolvimento da criança segundo a teoria Psicogenética pela Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação chamada (EAPE) (1998),aperfeiçoamento em Perspectivas do ensino público no DF pela Universidade de Brasília (1988), aperfeiçoamento em Educação Brasileira pela EAPE (1990), aperfeiçoamento em Português nas séries iniciais pela EAPE (1990), aperfeiçoamento em alfabetização no enfoque construtivista pela EAPE (1993), aperfeiçoamento em O currículo da Educação Básica das escolas públicas do DF pela EAPE (1994), aperfeiçoamento em Reconstruindo o aperfeiçoamento de professores pela EAPE, aperfeiçoamento em Viras Brasília Educação pela EAPE (1996), aperfeiçoamento em Escola Candanga: Aprender para ensina pela EAPE (1997), aperfeiçoamento em Alfabetização Matemática para o aluno com deficiência pela EAPE (2011), aperfeiçoamento em Pró-Letramento Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010).Atualmente é Professora aposentada da Secretária de Estado de Educação do DF, membro do Grupo de Investigação em Educação Matemática da UnB _GIEM.

Produção: Os significados do erro na práxis pedagógica da matemática nos anos iniciais de escolarização.
http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/8631/1/2007_IvoneMiguelaMendes.pdf 

   

Janaina Mendes Pereira da Silva
Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Brasília (PPGE/2017), aluna da Especialização em Metodologias de Ensino em Matemática do Departamento de Matemática/UnB. Licenciada em Matemática pela Faculdade Projeção – Brasília. Atua como docente no Colégio Alub Ensino Fundamental II e Ensino Médio (docência/monitoria na disciplina de Matemática). Membra do Grupo de Pesquisa de Investigação em Educação Matemática da UnB (GIEM/Mat/UnB).

Produção: A EDUCAÇÃO ALGÉBRICA E A PRODUÇÃO ESCRITA DE ESTUDANTES DO 8º ANO DO ESNINO FUNDAMENTAL.
http://www.sbem.com.br/enem2016/anais/pdf/7339_4057_ID.pdf